Álcool na escola – Uma reflexão sobre prevenção e consequência

Contenido principal del artículo

Sandra Cristina Rodrigues Teixeira Reis
Sofia Nobre
Florêncio Vicente Castro

Resumen

Este artigo de revisão científica sobre o consumo, neurobiologia e efeitos do álcool visa a reflexão sobre os programas de intervenção, sobretudo programas primários, uma vez que o público-alvo são jovens/adolescentes, num ambiente escolar. Portanto o subsistema escolar tem uma função crucial, podendo corresponder a alterações menos saudáveis dos hábitos dos jovens numa fase crucial do seu desenvolvimento. Sabendo que a escola tem um contacto privilegiado com os alunos, quer pelo meio ambiente educador, quer pelo tempo que passam na escola, é de particular interesse tornar-se regra ser este subsistema a detectar comportamentos de risco e consequente referenciação e encaminhamento às autoridades/apoios competentes. Torna-se pois fundamental munir a escola de programas adaptados de treino de competências sociais e gestão emocional, pois é neste ambiente e momento crucial do desenvolvimento que os adolescentes treinam e aprendem a dizer não ao consumo de substâncias aditivas, particularmente o álcool, e treinam a autoestima, autoconceito e resiliência, características primordiais ao bem-estar e indeléveis factores de protecção.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Sección
Artículos
Biografía del autor/a

Sandra Cristina Rodrigues Teixeira Reis, Universidad da estremadura

Sandra Reis 1, Sofia Nobre 2 & Florencio Vicente Castro3

 

1Doutoranda em Psicologia  na Facultad de Educación - Universidad de Extremadura, Badajoz – España

Mestre em Psicologia Clínica - Psicoterapias pelo ISMT, Coimbra - Portugal

Membro da Asociación Internacional de Psicología Evolutiva y Educativa de la Infancia, Adolescencia, Mayores y Discapacidad –INFAD

Sofia Nobre

2Investigadora PosDoc - Resiliência e Qualidade de Vida (Cepese/FCT)

Doutorada em Psicologia – Desenvolvimento e Intervenção Psicológica pela Facultad de Educación - Universidad de Extremadura, Badajoz - España

Mestre em Psicologia Clínica - Psicoterapias pelo ISMT, Coimbra - Portugal

Formação artística pela Ecole Supérieure des Arts et Techniques de la Mode - ESMOD International, Paris - France

Life Coaching - Programação Neurolinguística, Liderança e Excelência Pessoal

Terapeuta Reiki Essencial

Autora das obras poético-visuais "Fúria de Aforismos" e "Limiar da Luz, Fio de Sol" - Edições  MinervaCoimbra

Membro da Asociación Internacional de Psicología Evolutiva y Educativa de la Infancia, Adolescencia, Mayores y Discapacidad –INFAD

Florêncio Vicente Castro

3Catedrático de Psicologia Facultad de Educación da Universidad de Extremadura, Badajoz (España).

Académico de la Academia Internacional de Psicologia.

Asesor del Foro Permanente de la Europa Social.

Premio Juan Huarte de San Juan de Psicología 2010.

Doctor "Honoris Causa” UAE. Paraguay

Citas

Calafat, A., & Munar, M.A. (1999) Actuar es posible : Educación sobre el alcohol. Madrid: Madrid: Ministerio del Interior.

Castro, F., Nobre, S., Reis, S. & Esteves, M. (2014). Adolescência: Estado de Embriaguez ou Êxtase pela Vida - Uma revisão do estado da arte do consumo e efeitos do álcool. International Journal of Developmental and Educational Psychology. Año:XXVI. Nº1-Vol 5.

Magalhães, J. & Precioso, J. (2010). Prevalência e determinantes do consumo de bebidas alcoólicas em alunos do 3ºciclo do ensino básico e secundário: Implicação para a construção de um programa preventivo. Tese de Mestrado apresentada ao Instituto de Educação e Psicologia. Universidade do Minho

Moreira, P. (2001). Para uma Prevenção que previne. Coimbra: Quarteto Editora.

Nobre, S., Castro, F. & Esteves, M. (2014). Resiliência e Satisfação com a Vida na Adversidade – as catecolaminas do novo paradigma. Tese de Doutoramento apresentada a Universidad de Extremadura.

Precioso, J., Dias, A., Samorinha, C., Sousa, I., Antunes, H. e Macedo I. (2014). O essencial sobre o alcoolismo. Almedina Edições.

Reis, S. (2010) A Satisfação Familiar dos Toxicodependentes em Programa de Metadona. Tese de Mestrado apresentada à Escola Superior de Altos Estudos – Instituto Superior Miguel Torga.

Sousa, A., Pinto, A., Sampaio, D., Nunes, E., Machado Baptista, M. & Marques, P. (2007) Consumo de Substâncias Psicoactivas e Prevenção em Meio Escolar. Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC) Direcção-Geral de Saúde (DGS) Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT). Versão Electrónica retirado de http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Esaude/consumospa_prevencaomeioescolar.pdf, acedido no dia 13 de Fevereiro.

Vitória P. D., Raposo C. S., Peixoto F. A., (2000). Querer é Poder I.

Ministério da Saúde, Conselho de Prevenção do Tabagismo, Lisboa.

Vitória P. D., Raposo C. S., Peixoto F. A., (2001). Querer é poder II. Ministério da Saúde. Conselho de Prevenção do Tabagismo, Lisboa.