Privacidade e autonomia de um adulto con deficiência intelectual

Contenido principal del artículo

Geovana Silva Wertonge
Sabrina Fernandes de Castro
Gabriela Brutti Lehnhart

Resumen

No presente estudo, buscou-se conhecer os aspectos relacionados a Privacidade e Autonomia na vida de um adulto com deficiência intelectual, bem como analisar se interferem na execução das atividades de vida doméstica, de vida comunitária e aprendizagem ao longo da vida. Dessa forma, utilizou-se como abordagem a pesquisa estudo de caso. Participaram da pesquisa um adulto (38 anos) com deficiência intelectual (DI) e sua mãe (63 anos). Tendo em vista a situação de pandemia do COVID-19, no ano de 2020/2021, a pesquisa foi realizada por meio da plataforma Google Meet, tendo três fontes de dados: a Escala de Intensidade de Apoios (SIS), aplicação I (2019) e II (2020), entrevista semi-estruturada aplicada com o adulto com DI e Protocolo de Observação Participante. Com isso, através da análise dos resultados do estudo, destaca-se a ocorrência de oportunidades do adulto expor seus sentimentos, planos futuros e desejos, quando a mãe não estava presente nos encontros. Em relação aos níveis de apoio em atividades que demandam Privacidade e Autonomia em relação a três domínios da SIS: vida doméstica, vida comunitária e aprendizagem ao longo da vida, foi evidenciado nos dados da aplicação II da SIS, uma diminuição dos índices de necessidade de apoio nos três domínios. Portanto, evidencia-se a importância de trabalhar as questões de Autonomia, Privacidade, Autodeterminação e Auto advocacia, no desenvolvimento de pessoas com DI na vida adulta.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Sección
Artículos

Citas

Almeida, M.A (2004). Apresentação e análise das definições de deficiência mental proposta pela AMMR - Associação Americana de Retardo Mental de 1908 a 2002. Revista de Educação. (16), 33-48. Recuperado de http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/reveducacao/article/view/284/267.

American Association on Intellectual and Developmental Disabilities (AAIDD). Intellectual Disability: definition, classification and systems of supports. (11. ed.). Washington: AAIDD, 2010.

Bissoto, M. L. (2014). Deficiência Intelectual e processos de tomada de decisão: estamos enfrentando o desafio de educar para a autonomia? Educação Unisinos. 18(1), 3-12. Recuperado de http://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/edu.2014.181.01.

Boueri, I.Z. (2010). Efeitos de um Programa Educacional para atendentes visando a independência de Jovens com Deficiência Intelectual Institucionalizados. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-graduação em Educação Especial. Universidade Federal de São Carlos. São Carlos, Brasil.

Lehnhart, G. B. (2021). Gestão de Habilidades Sociais para estudantes com Deficiência Intelectual no Contexto da Educação Profissional e Tecnológica. (Projeto de Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica. Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, Brasil.

La Taille, Yes de. (1999). Limites: três dimensões educacionais (2. ed). São Paulo: Ática.

Santos, M. G. (2015). Conquista da autonomia: qual o papel do reforço positivo? (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-graduação em Educação Pré-Escolar. Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich. Lisboa, Portugal.

Schalock, R.L., Luckasson, R., & Tassé, M. J. (2021). Intellectual disability: Definition, diagnosis, classification, and system of supports (12. ed.). Silver Spring, AAIDD.

Thompson, J. R.; Bryant, B.R.; Campbell, E. M.; Craig, E. M.; Hughes, C.M.; Rotholz, D. A. (2004). Suports Intensity Scale user’s manual. Washington, DC: AMMR.

Veltrone, A. A.; Mendes, E. G. (2009). Inclusão e fracasso escolar: o que pensam os alunos com deficiência mental? Revista Educação Especial. 22 (33), 59-72. Recuperado de https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/169.

Zutião, P. (2016) Programa “Vida na Comunidade” para familiares de Jovens com Deficiência Intelectual. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-graduação em Educação Especial. Universidade Federal de São Carlos. São Carlos, Brasil.